Comentar

Repensando o tempo...

Quando foi a última vez em que você respeitou seu relógio interno?
Quanto tempo do seu dia você gasta medindo, pensando ou lamentando o tempo que você não tem?
Por mais que possa parecer impossível, existe sempre uma forma de se aproximar mais do tempo biológico e depender menos do tempo cronológico.
Se você vive repetindo que não tem tempo para fazer as coisas que tem vontade de fazer, repense as escolhas que vêm se transformando na sua vida. Ninguém tem tempo, porque o tempo não existe. Existe uma percepção do tempo: o que aconteceu um dia, o que está acontecendo e o que ainda vai acontecer, se tudo der certo e eu estiver viva quando acontecer. Mas tempo? Tempo ninguém tem.
O que tem é vida e o modo como você vem escolhendo viver a sua. Se você acha que vale a pena dar a sua vida em atividades que te afastam de você mesmo porque no final do mês você vai ganhar um monte de notas de papel que você vai usar aos finais de semana ou nas férias para tentar recuperar a vida que você está investindo em algo que não suporta, tudo bem. Esta é uma escolha honrada.
Mas se você acha que não vale a pena, que não vem valendo a pena, repense sua vida. Ainda dá tempo - sempre dá tempo.
A vida não vale nada se seu coração não estiver nela.

(Flávia Melissa)

Image: 

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.